Buscar
  • lupuscare

QUAIS OS TRATAMENTOS PARA O CÂNCER DE MAMA?

Os tumores de mama possuem tratamentos e tecnologias abrangentes e diversificados. Importantes avanços na abordagem do câncer de mama aconteceram nos últimos anos, principalmente no que diz respeito a cirurgias menos mutilantes, assim como a busca da individualização do tratamento. O tratamento varia de acordo com o grau da doença, suas características biológicas, bem como das condições da paciente (idade, status menopausal, comorbidades e preferências).



O prognóstico do câncer de mama depende da extensão da doença, assim como das características do tumor. Quando a doença é diagnosticada no início, o tratamento tem maior potencial curativo. Quando há evidências de metástases, o tratamento tem por objetivo principal prolongar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida.


As modalidades de tratamento do câncer de mama podem ser divididas em:

  • Tratamento local: cirurgia e radioterapia (além de reconstrução mamária) 

  • Tratamento sistêmico: quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica

Cirurgia Para a maioria das mulheres com câncer de mama, a cirurgia faz parte do processo de tratamento. Este procedimento pode apenas da retirada apenas do tumor; ou uma mastectomia, com retirada da mama e reconstrução mamária.


Após a cirurgia, o tratamento complementar com radioterapia pode ser indicado em algumas situações. Já a reconstrução mamária deve ser sempre considerada nos casos de mastectomia. Quimioterapia e Radioterapia A quimioterapia pode ser recomendada antes da cirurgia ou após a cirurgia. Ela é indicada antes do procedimento cirurgico com o objetivo de reduzir o tamanho de grandes tumores de mama e para destruir as células cancerosas. Esse tipo de quimioterapia geralmente torna possível a cirurgia conservadora da mama. A quimioterapia após a cirurgia ou radioterapia serve para eliminar quaisquer células cancerígenas remanescentes que possam não ter sido removidas durante a cirurgia e / ou radioterapia. Também pode impedir que a doença se espalhe para outras partes do corpo. Antes da quimioterapia, os tumores sólidos podem ser submetidos a testes para determinar se eles respondem a drogas quimioterápicas específicas, evitando assim toxicidade desnecessária para o paciente. Terapia hormonal Os dois tipos mais comuns de terapia hormonal para câncer de mama são: Moduladores seletivos do receptor de estrogênio (SERMs): esses medicamentos se ligam aos receptores de estrogênio nas células do câncer de mama para impedir que o estrogênio alcance as células cancerosas, impedindo seu crescimento. O tamoxifeno é uma terapia hormonal comumente usada, projetada para prevenir a recorrência do câncer de mama. Este medicamento também é usado por algumas mulheres com alto risco de desenvolver câncer de mama. Inibidores da aromatase: Esses medicamentos da terapia hormonal do câncer de mama bloqueiam a produção de estrogênio ao se ligar à enzima responsável pela produção de estrogênio (a enzima aromatase). Quando a produção de estrogênio é interrompida, as células cancerosas morrem de fome por falta de estrogênio, o que as impede de crescer e se dividir. Cada paciente é um caso distinto e somente um profissional qualificado pode definir o melhro tratamento para cada estágio e tipo da doença.

4 visualizações

Seguir

Av Epitácio Pessoa - Lagoa

Rio de Janeiro - RJ - Brasil

Tel: (21) 2266 - 1794

E-mail: contato@lupuscare.com.br

  • YouTube
  • Instagram ícone social
  • Wix Facebook page