Buscar
  • lupuscare

O diagnóstico do lúpus através do dentista

Lúpus pode ser inicialmente diagnosticada em consulta odontológica.


Por se tratar de uma doença multissistêmica, o lúpus pode afetar diversas regiões do corpo humano. Na medicina, o problema é classificado como autoimune, ou seja, ocorre porque o sistema imunológico ataca as regiões saudáveis do tecido do corpo.


Os sintomas orais mais comuns do lúpus podem ser amenizados com o uso de pomadas anestésicas, que reduzem o desconforto, e tratamento à laser contra as úlceras, que ajuda na cicatrização. Entre outras complicações enfrentadas pelos pacientes estão as doenças periodontais como gengivite, provocada pela redução da produção salivar. A diminuição do fluxo de saliva é causada pelo próprio tratamento do lúpus, que inclui o uso de antibióticos que podem deixar a boca mais seca como efeito colateral. Para tratar das lesões bucais é necessário primeiro tratar a parte imunológica gera.

Outro problema odontológico enfrentado por quem possui lúpus é o receio dos dentistas em fazer tratamento dentário em quem está com a doença. Isso se dá devido à baixa imunidade do paciente, que aumenta as chances de inflamação durante um tratamento dentário. Para pacientes com imunidade afetada, cuidados extras são necessários, por exemplo para fazer uma extração de dente em uma pessoa com quadro de baixa imunidade, é necessário que o paciente realize exames laboratoriais antes do procedimento.

Pessoas com a doença também podem apresentar desconforto ao movimentar a mandíbula devido à artrite provocada pelo lúpus. Além desta complicação, existem outros possíveis problemas gerados pela doença, como a boca seca, o aparecimento de cáries e gengivite descamativa, doença periodontal que, entre seus sintomas, causa manchas avermelhadas na mucosa bucal e descamação epitelial. O tratamento paliativo, com aplicação de laser, produtos antimicrobianos e antifúngicos podem amenizar os sintomas.

Não deixe de frequentar seu dentista com regularidade e garantir a sua saúde bucal. Fique atento aos sinais!

167 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo